quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Marina e Serra são os mais votados na USP

  | Publicado em 22.09.2010 –
Segundo pesquisa em parceria com Datafolha, candidatos do PV e do PSDB empatariam tecnicamente em primeiro lugar
Com 30% das intenções de voto Marina Silva, candidata do Partido Verde (PV) à Presidência da República, empata com José Serra (PSDB), que tem 27% dos votos da comunidade USP, mantendo seu índice nacional. A pesquisa de intenção de voto foi realizada nos dias 13, 14 e 15 de setembro e possui margem de erro de 3 pontos percentuais para mais ou para menos, levando os dois candidatos mais votados a empate técnico.
Em parceria com o Instituto Datafolha, os repórteres do Jornal do Campus ouviram 1014 pessoas nos campi da capital, entre alunos, funcionários e professores. O planejamento e a computação dos dados foram feitos pelo instituto. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o número 31582/2010.
Dilma Rousseff (PT), primeira colocada nas pesquisas nacionais, com 51% dos votos, de acordo com pesquisa Datafolha realizada nos dias 13, 14 E 15 de setembro, aparece apenas em terceira colocada na universidade, com 21% dos votos. A candidata só alcança a primeira posição na Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH), com 30% das intenções, mesmo assim empata com Marina Silva, que tem 27% das intenções nessa unidade. Serra saiu-se melhor na Escola Politécnica (EP), com 48% dos votos, e Marina recebeu a maior parte de seus votos, 37%, na Escola de Artes, Ciências e Humanidades (EACH), na zona leste da capital.
Quanto à eleição para governador de São Paulo, os resultados da USP mostram os dois candidatos mais votados na mesma posição que as pesquisas de intenção de voto para todo o estado. Há diferenças, entretanto, nos percentuais de votação. Geraldo Alckmin (PSDB), que chega a 51% das intenções de voto no estado, de acordo com pesquisa também do Datafolha realizada nas mesmas datas, alcança 39% na USP. Mercadante (PT) obteve 25% dos votos na Universidade de São Paulo, enquanto que em todo o estado atingiu 23%.
Alckmin recebeu mais votos na Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade (FEA) e alcançou 70% das intenções. Mercadante venceu na FFLCH, com 33%. O maior percentual obtido por Skaf foi na Faculdade de Direito (FD), onde conseguiu 8% das intenções.
Distinguindo entre os três segmentos pesquisados, na intenção de voto para presidente Marina ganha entre os alunos com 31%, Dilma entre os funcionários (37%) e Serra entre os professores (38%). Nas eleição de governador, Alckmin é o mais votado entre os alunos (39%) e entre os professores (43%). Já entre os funcionários o mais votado é Aloízio Mercadante, com 39% .
Desempenho do governo Lula
O estudo também avaliou a opinião dos consultados com relação ao desempenho do governo federal. A Faculdade de Direito (FD) foi a unidade onde Lula teve a melhor avaliação: 66% consideram que o presidente faz um governo bom ou ótimo. A votação de Dilma na São Francisco, contudo, chegou só a 23%, mostrando que não há uma relação direta nessa unidade entre boa avaliação do governo e voto em Dilma.
Considerando os eleitores em separado, 86% do que votam em Dilma avaliam o governo como bom ou ótimo e 34% dos que votam em Serra também fazem uma boa análise do período Lula. Os eleitores que pior avaliam o governo são os de Serra (19%), seguidos pelos simpatizantes de Marina (7%).
Votos nulos e brancos
Comparada com a pesquisa nacional e estadual, a comunidade apresentou índices maiores de votos brancos e nulos. Enquanto no estado de São Paulo 5% das pessoas declaram invalidar seu voto para governador, na USP 15% diz o mesmo. Na disputa federal, a USP declara anular 10% dos votos, mais do que o dobro dos 4% indicados na pesquisa nacional.
PT e PSDB aparecem juntos com 14% de preferência na universidade. O PV vem em terceiro lugar, com 6%, apesar de sua candidata liderar as pesquisas. Os alunos foram aqueles que mais se abstiveram a citar um partido e os funcionários os que mais citaram – ainda assim com uma margem pequena, só 48% disseram ter partido de preferência.
Resultados da pesquisa JC/Datafolha

Nenhum comentário:

Postar um comentário

OBRIGADO PELA VISITA.