sábado, 23 de outubro de 2010

Por que devemos orar?

Os céticos vêem na oração uma simples demonstração de insanidade ou falta de estudos com o seguinte argumento: para quê orar? Não existe ninguém ouvindo, é pura perca de tempo essa prática...

O pior de tudo é que muitos cristãos são enganados com esses pensamentos e deixam de orar ou as diminuem.


Mas para nós que somos servos de Deus, o efeito da oração é de uma bomba atômica. No mundo espiritual, os demônios correm (Mt 17:21), os anjos trabalham (Dn 9:23) e a mão de Deus se move (Tg 5:16).


Quem nunca iniciou uma oração e adentrou em sua mente uma série de pensamentos totalmente diferente daquilo que você havia planejado quando começara a orar? O Pr Kenneth certa vez disse que numa vez quando se deu conta que estava fazendo contas sobre pagamentos e outros planejamentos depois de iniciar a oração de joelhos. Alguns começam a orar e depois se dão conta que já estavam no terceiro sono. 


De fato a oração é uma batalha. O reino espiritual quer que você nunca ore e se orar que ore pouco. Isso acontece comigo principalmente quando jogo xadrez (por isso tomei a decisão de não jogar mais de três partidas horas antes do culto) sou tomado por um lance incrível dando xeque mate ou tomando uma peça adversária que me fazem fugir daquela conversa com Deus.



A oração é uma luta travada no mundo espiritual e na mente, principalmente na mente, e o inimigo usa diversas ferramentas para nos distrair ou para encerrarmos logo aquela conversa com Deus.


Devemos orar muito, cada vez mais orando no espírito (Jd 20) em todo o tempo (Ef 6:18; I Ts 5;17). se você observou na enquete que realizei algumas semanas atrás até o momento ninguém assinalou duas horas por dia, esse meu alvo orar duas horas só alcancei nas minhas férias, quando um dia passei mais de três horas orando mas e os outros dias? 
Um de meus liderados contou um caso de seu amigo que ele nunca passa as refeições sem orar mas olha a oração dele: “Satanás é bom e Deus é fiel!“


Isso não considero oração e muitos nas refeições se esquecem de orar e quando lembram fazem a seguinte: Deus, abençoa o que já vai descendo! Quando vão dormir já estão totalmente exaustos que apenas balbuciam algumas palavras morosas.



Intensificar a oração é tão importante que quanto mais oramos mais sabemos e reconhecemos que somos pecadores, por isso desconfio de alguns santarrões.


Dentre os simbolismos da oração registrados na Bíblia me chama a atenção o incenso “Suba a minha oração perante a tua face como incenso, e as minhas mãos levantadas sejam como o sacrifício da tarde”. (Sl 141:2), Portanto um sacrifício.


Em Cantares que dentre outras simbologias representa o amor da igreja com Cristo, veja o que Jesus fala para a igreja: “Quem é esta que sobe do deserto, como colunas de fumaça, perfumada de mirra, de incenso, e de todos os pós dos mercadores?”
Por estas e muitas outras é que devemos orar cada vez mais.


Que as nossas orações impregnadas em nós, resulte no bom perfume de Cristo (II Co 2:15.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

OBRIGADO PELA VISITA.