quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Vox Popili volta a atacar


Vox Popili volta a atacar

(Giulio Sanmartini) No dia 1° de fevereiro fiz uma denúncia que o Instituto Vox Populi estava se valendo de meios ilegais e sem a mínima ética para dar números vantajosos, para  Dilma Rousseff, candidata petista  à presidência da República:.“…parece que o Vox Populi, está seguindo a orientação de Lula, o “Capoeira de Caetés”, pois está batendo do peito para cima. A pesquisa foi criminosamente maquiada para fazer Dilma Rousseff subir e assim influenciar os indecisos.
Quando o entrevistador lê e mostra o cartão para que o entrevistado escolha o candidato, o de José Serra está escrito ao contrário espelhado (BDSP arreS ésoJ). Ou seja, de leitura impossível para quem não foi avisado antes. 
Na pesquisa final antes o primeiro turno, o Vox Populi dava 55% da preferência para Dilma, isto é, vitória liquida nesse turno. Mas a realidade se apresentou diferente ela teve somente 46,9% e não foi eleita dessa vez.
Os institutos tem apontado nesses dias uma vantagem para Dilma em torno dos 6%, mas o Vox Populi na terça feira (19/10) apareceu com o dobro (12%).
Portanto não é difícil entender a indignação do presidente nacional do PSDB e coordenador da campanha de Serra, senador Sérgio Guerra (CE), quando afirmou em entrevista: “O Vox Populi não acertou nada, enganou os brasileiros. Se ficarmos calados diante de fatos como esses, quero dizer que nossa democracia não está bem protegida. Estaremos assinando um documento contra as regras da disputa correta. O que não dá é para aceitar calado que uma instituição que escreve para o governo, que uma instituição que trabalha para o governo, que faz campanha para o governo e para o PT atue impunemente” disse ele, que acusou o presidente do Vox Populi, Marcos Coimbra (foto), de tentar eleger a adversária.
Essas fatos nos permitem por em dúvida a lisura  desse instituto e de Marcos Coimbra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

OBRIGADO PELA VISITA.