sexta-feira, 25 de março de 2011

Quando sofremos, é natural perguntar: "Por quê?


A paz do Senhor Jesus : Por favor, reflita agora comigo!
Quando sofremos, é natural perguntar: "Por quê?". Jó fez isso (Jó 3:24).
Habacuque fez a mesma coisa (Habacuque 1:3) Os problemas da vida não sugerem falta de fé, e não são provas de algum terrível pecado na sua vida. Às vezes, as provações vêm como disciplina de Deus (Hebreus 12:6-13); e às vezes, não. Mas sempre são oportunidades para crescer (Tiago 1:2-4), e convites para adorar a Deus (Tiago 5:13; Jó 1:20). O sofrimento desta vida é temporário. O sofrimento de Jó foi intenso, mas não durou para sempre. É bem provável que ele lembrou, durante o resto da vida, daquelas experiências doloridas. Mas a crise passou, e a vida continuou. Deus restaurou as posses dele em porções dobradas. Jó entendeu a correção de Deus, e respondeu humildemente: "Sou indigno; que te responderia eu? Ponho a mão na minha boca. Uma vez falei e não replicarei, aliás, duas vezes, porém não prosseguirei" (Jó 40:4-5). Jó pediu desculpas a Deus por ter duvidado da justiça e da bondade do Criador: "Na verdade, falei do que não entendia; coisas maravilhosas demais para mim, coisas que eu não conhecia....Por isso, me abomino e me arrependo no pó e na cinza" (Jó 42:3,6).
A mesma coisa acontece conosco. Enfrentamos alguns dias muito difíceis, mas as tempestades passam e a vida continua. Vivendo na época da nova aliança de Cristo, nós temos uma grande vantagem. Temos uma esperança bem definida de uma recompensa eterna no céu (Hebreus 11:13-16,39-40; 12:1-3; 13:14). Qualquer sofrimento é pequeno diante daquilo que Deus tem preparado para nós, saibas que estarei orando por você e suplicando ao Senhor Deus Todo Poderoso, para que te de forças e coragem para vencer em nome do Senhor Jesus. 

Um comentário:

  1. Adorei a mensagem.
    Que Deus te abençoe muito e realize coisas boas em tua vida,mas se vier provações lembre-se;
    DEUS envia,mas você é capaz de superar!!!
    A PAZ DO SENHOR!!!!

    ResponderExcluir

OBRIGADO PELA VISITA.