segunda-feira, 16 de maio de 2011

Cidade em chamas no Canadá obriga evacução de 90% da população


Cerca de 7.000 pessoas --90% da população total -- foram obrigadas a deixar suas casas em Slave Lake, município localizado na província de Alberta, no noroeste do Canadá, depois que um incêndio se espalhou pela localidade, destruindo um terço dos prédios e casas no domingo.

O vento espalhou as chamas do fogo, bloqueando algumas ruas e dificultando a fuga dos moradores. Entre os prédios atingidos pelo fogo estão a sede da prefeitura e o principal shopping da cidade.

"Nós largamos tudo", disse a moradora Verna Irvine ao "Calgary Herald". "Foi uma experiência fora do comum ver as chamas no céu durante a noite", disse Geoffrey Driscoll, outro morador da cidade.

Segundo informações da polícia, não houve relatos de mortos ou feridos.

Nesta segunda-feira, segundo a polícia, ainda havia 116 focos de incêndio na província, 39 deles fora do controle.

Para combater os incêndios, 1.000 bombeiros, 100 helicópteros e 20 bombas d'água foram destacados para a província pelo governo canadense. A polícia acredita que o clima quente e seco e os fortes ventos estejam provocando os incêndios.

*Com informações da Associated Press e Reuters

Nenhum comentário:

Postar um comentário

OBRIGADO PELA VISITA.