terça-feira, 10 de maio de 2011

SP tem rede para diagnosticar infartos à distância.

Uma rede de diagnósticos será implantada em São Paulo para detectar infartos à distância.
A proposta da Secretaria Estadual da Saúde é identificar pacientes com síndrome coronária aguda que dão entrada em hospitais e prontos-socorros do Estado.
O sistema é considerado o mais moderno para diagnosticar angina instável ou infarto do miocárdio. Ele verifica os níveis de troponina, que é um marcador cardíaco. É uma espécie de teste portátil de laboratório, mas com diagnóstico rápido, que leva apenas dez minutos.
O paciente passa por um eletrocardiograma que, junto com informações clínicas, pode indicar um possível quadro de infarto.
Depois, o teste e o eletro são transmitidos por sinal de telefonia celular ao hospital estadual Dante Pazzanese, onde cardiologistas fazem o diagnóstico.
Três hospitais da rede estadual participam do projeto-piloto. Mas a meta do governo paulista é levar os sistema para todas as unidades com atendimento de urgência.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

OBRIGADO PELA VISITA.