quarta-feira, 22 de setembro de 2010


Brasileiros ainda precisam aprender a preservar a água

Rios recebem esgoto; famílias vivem à beira dos córregos e não têm saneamento básico



A reportagem desta quarta-feira (22) da série Desafios dos Brasil mostra que o país ainda não aprendeu a preservar o líquido da vida. Em São Paulo, a reportagem mostra a agonia de um rio que recebe lixo e esgoto doméstico. 

Por falta de acesso à moradia, muita gente vai morar à beira dos córregos. Por causa da falta de coleta ou de educação, essas pessoas jogam o lixo nos córregos que cortam a cidade. 


No Rio Tietê, na capital paulista, máquinas buscam no fundo do rio a areia que vem com o lixo. Essa areia é peneirada para separar o lixo que vem do Tietê. Nos últimos três meses, em um trecho do rio que tem 12 quilômetros, foi retirada uma montanha de pneus.
A situação não é muito diferente em uma das maiores e mais turísticas cidades do país. Salvador também sofre com o descaso dos moradores em relação ao lixo e à natureza: o oceano Atlântico, que dá vida à cidade, virou depósito de lixo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

OBRIGADO PELA VISITA.