terça-feira, 10 de novembro de 2009

APAGÃO

Em nota oficial divulgada na madrugada desta quarta-feira, a Hidrelétrica de Itaipu afirmou que o apagão não teve origem na usina. "A hipótese mais provável é que tenha havido algum acidente que afetou um ou mais pontos do sistema de transmissão", afirma a nota publicada no site oficial da usina. Dez Estados e o Distrito Federal foram atingidos por queda de energia elétrica na noite desta terça - São Paulo, Minas Gerais, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Rio de Janeiro, Goiás, Rio Grande do Sul, Paraná, Pernambuco e Espírito Santo.

Segundo o site oficial, este acidente pode ter ocasionado um "efeito dominó", provocando outros acidentes. "Imediatamente após o blecaute, a usina de Itaipu estava com suas máquinas ligadas, girando no vazio, porém, sem possibilidade de transmitir energia, pois as linhas de transmissão que conectam Itaipu ao sistema brasileiro estavam desligadas", diz o comunicado.
Itaipu parou de funcionar pela primeira vez na história na noite desta terça-feira, com o desligamento das 20 unidades geradoras. Jorge Samek, presidente da usina, afirmou que o acidente deve ter causa em problemas climáticos. "Com absoluta certeza foi um vento forte que causou esse acidente", disse.
Com 20 unidades geradoras e 14 mil megawatts de potência instalada, a usina binacional de Itaipu fornece 19,3% da energia consumida no Brasil e abastece 87,3% do consumo paraguaio. No Paraguai, o apagão durou poucos minutos, e autoridades de energia também afirmaram que a origem esteve na distribuição.
"Em 15 minutos, o sistema paraguaio já estava sendo suprido por Itaipu, o que reforça o fato de que a causa do defeito foi externa à usina", afirma o comunicado.
O ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, negou que o apagão dessa noite tenha relação com o de 2001. "O sistema não é frágil, é o mais seguro do mundo. No apagão de 2001 não havia sistema interligado e havia ausência de linhas de transmissão. Hoje não, 98% das linhas são interligadas", afirmou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

OBRIGADO PELA VISITA.