sábado, 23 de outubro de 2010

Bispo Edir Macedo utiliza passagem bíblica para criticar Silas Malafaia

edir macedo 250x205 Bispo Edir Macedo utiliza passagem bíblica para criticar Silas MalafaiaO líder da Igreja Universal do Reino de Deus, bispo Edir Macedo (foto), comparou Silas Malafaia a um profeta bíblico que mentiu para um homem de Deus.
Em seu blog, o líder da Igreja Universal, Edir Macedo, publicou neste sábado, 16 de outubro, um comentário criticando o pastor Silas Malafaia por mudar de opinião deixando de apoiar Marina Silva, do PV, dizendo que o partido apoiava o aborto, e também o PT com a mesma acusação, vindo a apoiar o candidato José Serra “sabe-se lá com que interesse”, disse Macedo.
Ainda no seu blog, Macedo comenta a declaração do candidato José Serra apoiando o casamento homossexual e o provável aborto que sua esposa praticou com o consentimento do candidato.
Edir Macedo compara Silas Malafaia ao profeta velho do livro de I Reis capítulo 13, que enganou o homem de Deus, mentindo para ele, e o final do homem de Deus, que acreditou no profeta em vez de seguir o que Deus já havia lhe falado, foi a morte por um leão “porque não guardou a sua fé”.
Segundo Edir Macedo “o espírito do profeta velho continua atuando e tentando levar as pessoas ao engano”.
Leia o comentário de Edir Macedo na íntegra:
Cuidado com o profeta velho
A principal característica do profeta velho é o engano.
Em I Reis 13, encontramos um homem de Deus sendo enganado por aquele que deveria orientá-lo, falar a verdade e guiá-lo no caminho certo.
Temos visto nos últimos dias uma verdadeira demonstração de que o espírito do profeta velho continua atuando e tentando levar as pessoas ao engano.
Veja o que aconteceu com o pastor Silas Malafaia, que iniciou a campanha política apoiando a candidata Marina Silva e depois, usando o argumento frágil de que o partido dela, o PV, apoiava o aborto, mudou de lado e, para justificar que não apoiaria a candidata Dilma, acusou o PT de ser a favor do aborto e apoiar o casamento de homossexuais. Pronto, o caminho estava aberto para, sabe-se lá com que interesse, apoiar o candidato Serra.
Como não há nada escondido que não seja revelado, veio a declaração do próprio Serra, em vários meios de comunicação, de que é favorável ao casamento de homossexuais. E não para por aí não. Explodiu como uma bomba a denúncia de algumas ex-alunas da esposa do candidato, Monica Serra, que ficaram indignadas com a hipocrisia do casal de que, como cristãos, são radicalmente contra o aborto. Inclusive, a Sra. Monica chegou a dizer que se Dilma vencesse, ela iria matar as criancinhas.
Revoltadas, as alunas disseram que em uma aula, muito tempo atrás, a Sra. Monica declarou que havia feito aborto, com o consentimento de seu marido José Serra.
Agora ficam as perguntas: O que fez o pastor Malafaia mudar de lado? Ele vai continuar apoiando o Serra?
Diante desse cenário temos que lembrar o que aconteceu com o homem de Deus (I Reis 13) que seguia o seu caminho e foi levado à morte, enganado pelo profeta velho, porque não guardou a sua fé.

Fonte: Blog do Edir Macedo / Gospel Prime
Via: Folha Gospel

Nenhum comentário:

Postar um comentário

OBRIGADO PELA VISITA.