quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Aquele Que é Bom


“Não é por causa de sua justiça ou de sua retidão que você conquistará a terra delas. Mas é por causa da maldade destas nações que o Senhor, o seu Deus, as expulsará de diante de você, para cumprir a palavra que o Senhor prometeu, sob juramento, aos seus antepassados Abraão, Isaque e Jacó.” Deuteronômio 9:5.

Lendo as histórias narradas no Antigo Testamento, muitas pessoas questionam por que Deus não manifesta mais seu poder daquela forma, com sarças ardentes, mares se abrindo, vitória nas guerras, sol parado no céu. O texto de Êxodo capítulos 19 e 20, lembra um episódio impressionante: um monte tremendo e fumegando com a presença do Senhor. Deus falou audívelmente, mas o povo ficou com medo e não suportou o espetáculo. “Se Deus falasse assim comigo hoje, eu creria nele”, podem pensar alguns. Porém, o texto lembra que muitos daqueles que presenciaram tal manifestação divina rejeitaram o Senhor.

Todos os dias Deus demonstra seu amor por nós. Estamos vivos, e só isso já é motivo para agradecer. Porém podemos acostumar-nos a receber coisas boas e esquecer de glorificá-lo por isso. De igual modo, Israel contava com a presença e atuação diária do Senhor. Em Deuteronômio, Moisés lembra à nova geração o que Deus fizera e ainda faria por seu povo. Diante de tudo haviam recebido e daquilo que ainda viria, a nação escolhida poderia pensar que ela mesma fosse muito boa e, por isso, digna do auxílio divino. Se assim acontecesse, jamais seria agradecida. Contudo, para evitar essa situação, Moisés diz qual era o motivo de Deus ser tão generoso com eles. Afinal, como o texto de Deuteronômio 9:5 que lemos acima deixa claro, aquele povo não era bom, antes teimoso. Não seria por merecimento que Israel passaria a possuir a terra, mas porque fora prometida por Deus. O princípio expressado aqui é que o motivo de recebermos algo é Aquele que dá. Deus promete e cumpre, pois é fiel.

Conosco ele age da mesma forma. O que recebemos não é por merecimento nosso, mas por ele ter prometido e porque nos ama. Ele disse que Jesus viria para nos dar vida eterna, e este veio. Também prometeu que nos daria o necessário para nossa sobrevivência, e assim faz. Jesus disse que estaria conosco, e sempre está. Portanto, seja agradecido - afinal; Deus cumpre suas promessas não por sermos bons, mas porque ele é fiel. Nisto podemos confiar. Mesmo quando agimos de maneira indigna, temos o que comer, vestir e onde morar. Deus não depende do nosso merecimento, antes o Senhor é fiel a ele mesmo. Então, glorifique ao Senhor por isso!

Se você tem esperado por grandes milagres, saiba que o maior deles é ser aceito por Deus como filho, por meio de Cristo. E o melhor ainda virá, quando encontrarmos nosso Senhor no céu!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

OBRIGADO PELA VISITA.