terça-feira, 31 de maio de 2011

Evangélicos marcam ato contra lei anti-homofobia


Evangélicos marcam ato contra lei anti-homofobia
Grupo pretende reunir mais de 30 mil pessoas quarta-feira em frente ao Congresso
Rio - Grupo evangélico prepara uma nova ofensiva contra o projeto de lei que criminaliza a homofobia no País, em discussão no Congresso. O pastor Silas Malafaia, da Igreja Vitória em Cristo, está convocando uma manifestação para esta quarta-feira em frente ao Congresso Nacional contra o Projeto de Lei 122, que torna crime a discriminação contra os homossexuais e que prevê penas de detenção de 2 a 4 anos. São esperadas 30 mil pessoas no protesto.

De acordo com o pastor, a lei em estudo criminaliza qualquer ação, opinião ou crítica que venha a ser interpretada como discriminação ou preconceito quanto ao homossexualismo no Brasil.

Segundo Malafaia, o texto do projeto de lei fere a liberdade religiosa e de expressão, direitos garantidos pela Constituição brasileira, expressas no artigo 5º, incisos 4, 6, 8 e 9. 

“Essa é uma lei vergonhosa, que finge proteger a prática homossexual, porém, sua intenção real é colocar uma mordaça na sociedade e criminalizar os que são contra o comportamento homossexual. Com essa lei querem atingir as famílias, as questões religiosas e a liberdade de expressão”, afirma o pastor. 

A manifestação contra a lei anti-homofobia programado para Brasília acontece quase uma semana após a bancada religiosa no Congresso, tanto evangélicos como católicos, ter pressionado a presidenta Dilma Rousseff a vetar o kit-gay que seria distribuído nas escolas para combater o preconceito ao homossexualismo.

No dia 13, a bancada evangélica obteve mais uma vitória ao conseguiu barrar a votação do PL 122 em comissão do Senado.

FONTE O DIA 

"Dedé (Santana) continua no CTI, mas está lúcido", diz assessor Segundo assessoria de imprensa da Rede Globo, agenda de gravações do humorista continua confirmada para esta quinta-feira





Foto: João Miguel Junior/TV Globo



Dedé Santana permanece internado no CTI do hospital Barra D'Or, na Barra da Tijuca, nesta segunda-feira (30). Segundo seu assessor de imprensa Antônio Carlos, o humorista, que foi internado na última sexta (28) com dores abdominais, está estável e lúcido. “Dedé está bem, continua no CTI e vai fazer mais alguns exames no final da tarde. Aí vamos saber o que vai acontecer. Mas ele está lúcido, conversando aqui do meu lado.”
fonte g 1

segunda-feira, 30 de maio de 2011

Nova geração de milionários é mais jovem e menos generosa.

Os multimilionários do planeta estão de cara nova.
Por causa do número maior de fortunas nos países emergentes, a nova geração de milionários é mais jovem e menos generosa.
Recém-publicada, mais da metade da lista da Forbes dos multimilionários de 2011 está no Brasil, Rússia, Índia e China.
Pela primeira vez, a China e a Rússia superaram a centena de riquíssimos, com 115 e 101, respectivamente. Até agora, apenas os Estados Unidos tinham mais de 100 multimilionários.
A análise do periódico mostra ainda os novos riquíssimos dos países emergentes são, pelo menos, 10 anos mais jovens do que os tradicionais e a maioria construiu a sua própria fortuna.
Além disso, revela que estes multimilionários dedicam a maior parte do tempo fazendo suas empresas crescerem.

Mundo está prestes a ter 7 bilhões de pessoas.

População mundial deve chegar a 7 bilhões até o final do ano.
Essa é a perspectiva da Organização das Nações Unidas.
Segundo a projeção oficial da ONU, o marco deve ser alcançado no dia 31 de outubro.
Até lá, o Fundo de População da entidade pretende realizar várias atividades para lembrar a data, inclusive uma contagem regressiva.
Para a ONU, é importante lembrar o fato de que o mundo está prestes a ter 7 bilhões de pessoas.
Isso por causa da urgência de promover o planejamento familiar e também de criar oportunidades para a juventude dos países pobres, que são responsáveis pela maior parte do aumento populacional.

Crianças devem tomar 2ª dose da vacina contra a gripe a partir desta segunda.

Segunda dose da vacina contra a gripe nas crianças começa a ser aplicada nesta segunda-feira no Estado de São Paulo.
Os pais devem levar os menores de dois anos ao posto de saúde, agora que já faz trinta dias da primeira dose. Devem tomar vacina as crianças a partir dos seis meses.
Um levantamento da secretaria Estadual da Saúde revela que 727 mil crianças receberam a primeira dose desde 25 de abril, quando a campanha teve início. O número equivale a 80,5% do total de imunizados nesta faixa de idade.
Porém, para que a proteção contra o vírus influenza seja completa, diferente do adulto, a criança tem que receber duas doses. É a única forma de evitar as complicações da gripe. Este é o primeiro ano que os pequenos participam da campanha.
A segunda dose pode ser tomada em qualquer posto de saúde, de segunda a sexta-feira, das oito da manhã às cinco da tarde.

Até este domingo, brasileiros trabalharam só para pagar impostos.

Esta segunda-feira é um dia importante para os brasileiros.
É que é só a partir desta data que cada trabalhador do país começa a poder usufruir de seu próprio salário.
Do começo do ano até agora, o ganho da população foi todo para pagar impostos.
Segundo estudo do Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário, o IBPT, este ano, os contribuintes tiveram que trabalhar 149 dias, ou quatro meses e 29 dias, apenas para arcar com as taxas cobradas pelo governo federal e pelos estados e municípios.
A conta inclui, por exemplo, o pagamento do Imposto de Renda, das contribuições sindicais e dos tributos de consumo, já embutidos nos preços dos produtos.
Além disso, há impostos como IPTU e IPVA e muitas taxas de serviços públicos, como a da iluminação pública e da emissão de documentos.

quinta-feira, 26 de maio de 2011

Justiça manda fechar principal entrada da Igreja Mundial no Brás




A Justiça de São Paulo determinou
 ontem o fechamento da entrada
 principal da Igreja Mundial do Poder 
de Deus no Brás, na região central de 
São Paulo.


O acesso pela Rua Carneiro Leão, 

que fica na frente de um condomínio


 onde moram cerca de 2 mil pessoas, 
será lacrado. As entradas pelas 
Ruas Visconde de Parnaíba e Caetano 
Pinto só poderão funcionar por mais 
90 dias. Depois, o templo deve ser 
fechado para obras solicitadas pela 
juíza Maria Gabriella Pavlópoulos 
Spaolonzi, da 13.ª Vara 
da Fazenda Pública.

O templo, que reúne até 15 mil pessoas

 em cultos nas manhãs de domingo,
 havia sido reaberto por determinação
 da mesma juíza 
em 14 de dezembro. Agora, ela 
argumenta em sua sentença que as
 obras solicitadas no templo e o limite
 para a presença de 8 mil pessoas não 
foram cumpridos. A igreja também 
não faz nada para coibir o comércio
 ilegal no entorno, segundo a juíza. 
Procurados ontem, representantes
 da Mundial não quiseram comentar a sentença.

Outra determinação da juíza foi para

 que nenhum culto tenha início antes 
das 9h. A sentença foi emitida após
 o Ministério Público enviar parecer à
 Justiça no qual diz que o templo
 emite "ruídos insuportáveis" aos vizinhos,
 que chegaram a registrar em vídeos 
e fotos a lotação e a falta de saídas 
de emergência, como revelou o Estado 
no ano passado. "Só esperamos que
 agora essa decisão não seja revertida", 
afirmou ontem Carlos Armando Botinni, 
engenheiro de 52 anos e vizinho da igreja.

Fonte:Estadão

SEXO antes do casamento pode? E ai povinho amado do meu Senhor Jesus, tudo bem? Hoje vou falar de um assunto para muitos incômodo, mais...


E ai povinho amado do meu Senhor Jesus, tudo bem? Hoje vou falar de um assunto para muitos incômodo, mais necessário, afinal a Igreja Peca por falta de conhecimento, então vamos conhecer?
O que você acha que Deus pensa do sexo fora do casamento? Você ja pensou nisso? Ja parou para analisar? Seguinte maninhos e maninhas, muitas pessoas vem me perguntar referente a esse assunto, via e-mail, pessoalmente, o por que eu ainda sou virgem. Ora meus queridos, não me envergonho disso, e não me importo que falem de mim por conta disso, aos olhos de Deus isto é santidade.
“A Bíblia não permite relações sexuais fora de casamento (1 Coríntios 6.18-7.2) e condena imoralidade como um pecado grave,  porque viola um dos relacionamentos mais sagrados da vida. Relacionamentos sexuais sem amor puro, respeito e um desejo sincero para dar felicidade e satisfação dentro do casamento não têm sentido e não trazem satisfação.” (SITE COM CRISTO)
Lendo a citação acima, refleti, e então parti de idéias para escrever este artigo. Ora por que transar antes do casamento? Para ter um prazer momentâneo? Será que vale a pena? Por que não esperar pela pessoa que Deus preparou para você? Por que não esperar para fazer feliz e ser feliz com a pessoas certa?
Esse ato sexual antes do casamento é condenável aos olhos de Deus. Se burlamos suas regras morais, nossa paz será retirada. A consciência humana, do cristão, ela reconhece que errou, e este perde sua paciência espiritual. O casamento é um meio de segurança, é um meio de felicidade eterna. Ai muitos me dizem: “Ah, mais eu vi várias pessoas que são casadas e não são felizes”. Por que não esperaram. Espere em Deus. ” Entrega teus caminhos ao senhor e  mais ele fará”.
Quando usufruímos do sexo de uma maneira casual, normal fugimos completamente do plano de Deus. E adquirimos imoralidade sexual.  Tá! E você me pergunta: ” Qual a conseqüência disso?”. Ora meu querido, qual o salário do pecado? A MORTE. Mais antes desta, virá um tormento dentro de seu coração, um tormento desnecessário.
A Bíblia diz:
“O casamento deve ser honrado por todos; o leito conjugal, conservado puro; pois Deus julgará os imorais e os adúlteros.” (Hebreus 13.4)
Também 1 Coríntios 6.9-10 diz que Deus fortemente condena sexo fora de casamento e os que praticam tais coisas não terão lugar nos céus.
Mais sabe, o que me deixa mais feliz. Que todos tem uma segunda chance. Deus está pronto para perdoar todo tipo de pecado e para transformar as vidas daqueles que venham a Ele em confissão e arrependimento. (1 Coríntios 6.11). É lógico que não adianta você se arrepender e voltar a praticar os atos. Meu querido, Deus tem amor, sua misericórdia dura para sempre, mais não faça Deus de tolo. Ele conhece teu coração. Espere nele, Confie nele, você verá a diferença.
Fiquem na paz do Senhor, que ele possa entrar em sua casa, e fazer diferença nela. Abraços do seu querido irmão.
por Dérick Pacheco Caitano

Idosa chutada em templo da Igreja Universal receberá R$ 51 mil Nos autos, consta que Edilma não recebeu socorro após o acidente



Idosa chutada em templo da Igreja Universal receberá R$ 51 mil
A Justiça do Rio de Janeiro negou um pedido feito pela Igreja Universal do Reino de Deus em Rio das Ostras para diminuir a indenização de R$ 51 mil a ser paga a uma fiel de 71 anos à época que foi chutada durante um culto em 2004. Segundo nota do Tribunal de Justiça desta quarta-feira, o golpe, proferido por um auxiliar do pastor, lançou Edilma de Oliveira por 3 m. Ela sofreu uma fratura na perna com lesões irreversíveis.
Nos autos, consta que Edilma não recebeu socorro após o acidente. Ela foi submetida a duas cirurgias para colocação de parafusos de platina. Em consequência, a idosa passou a necessitar de consultas médicas periódicas e também de tratamento fisioterápico. Além disso, ficou impossibilitada de fazer suas tarefas domésticas e os doces que vendia para ajudar seu sustento.
Em apelação, a Igreja pediu a nulidade de parte da sentença de primeiro grau quanto à condenação dos danos emergentes, dos alimentos indenizativos e contra o período fixado aos alimentos, porque a autora não teria comprovado despesas com o evento e renda mensal. A ré também tentou convencer a Justiça de que o fato de a mulher ter idade avançada e alguns problemas de saúde seria motivo para diminuir a indenização. “Como se a dor moral do idoso valesse menos”, disse o desembargador relator da 15ª Câmara Cível, Celso Ferreira Filho.
Na decisão, o relator afirmou que a Igreja reconheceu que o caso ocorreu no interior de suas dependências, “lugar que por sabença comum, se destina a práticas espirituais que deixam muitas vezes os fiéis fora de si”. Segundo o desembargador, “não foi fruto do acaso nem fato imprevisível que a autora tenha entrado sã nas dependências da ré e de lá saído incapacitada em razão de lesões”.
Na decisão, o desembargador, ao manter a sentença de 1º grau, perguntou: “será que a ré não tem a percepção para dimensionar a dor sofrida por uma idosa que entrou íntegra em suas dependências apenas para orar e, ao sair, estava multilesionada, tendo que percorrer uma verdadeira “via crucis”, por corredores de hospitais e através da interminável estrada da terapia medicamentosa?
Fonte: Terra

quarta-feira, 25 de maio de 2011

Dilma Rousseff manda suspender kit anti-homofobia, diz ministro Segundo Gilberto Carvalho, presidente achou vídeo 'inapropriado'. Bancadas religiosas haviam ameaçado convocar Palocci.


Após protestos das bancadas religiosas no Congressso, a presidente Dilma Rousseff determinou nesta quarta-feira (25) a suspensão do "kit anti-homofobia", que estava sendo elaborado pelo Ministério da Educação para distribuição nas escolas, informou o ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Gilberto Carvalho.
O governo entendeu que seria prudente não editar esse material que está sendo preparado no MEC. A presidente decidiu, portanto, a suspensão desse material, assim como de um vídeo que foi produzido por uma ONG - não foi produzido pelo MEC - a partir de uma emenda parlamentar enviada ao MEC", disse o ministro, após reunião com as bancadas evangélica, católica e da família.
Segundo ele, a presidente decidiu ainda que todo material que versar sobre "costumes" terá de passar pelo crivo da coordenação-geral da Presidência e por um amplo debate com a sociedade civil. "O governo se comprometeu daqui para frente que todo material que versará sobre costumes será feito a partir de consultas mais amplas à sociedade", afirmou.
Segundo o ministro, a determinação do governo não é um "recuo" na política de educacional contrária à homofobia
"Não se trata de recuo. Se trata de um processo de consulta que o governo passará a fazer, como faz em outros temas também, porque isso é parte vigente da democracia", disse.
De acordo com Carvalho, Dilma vai se reunir nesta semana com os ministros da Educação, Fernando Haddad, e da Saúde, Alexandre Padilha, para tratar do material didático.
"A presidenta vai fazer um diálogo com os ministros para que a gente tome todos os devidos cuidados. Em qualquer área do governo estamos demandando que qualquer material editado passe por um crivo de debate e de discussão e da coordenação da Presidência."
Retaliação suspensa
Diante da decisão de Dilma, o ex-governador do Rio de Janeiro, Anthony Garotinho (PR-RJ), que participou da reunião com Carvalho, afirmou que estão suspensas as medidas anunciadas pelas bancadas religiosas em protesto contra o "kit anti-homofobia".

Em reunião, os parlamentares haviam decidido colaborar com a convocação do ministro da Casa Civil, Antonio Palocci, para que ele explique sua evolução patrimonial.
O ministro Gilberto Carvalho negou ter pedido que os parlamentares desistissem de trabalhar pela convocação de Palocci diante da decisão da presidente sobre o "kit anti-homofobia".
"Isso é uma posição deles. Nós falamos para eles que, em função desse diálogo, que eles tomassem as atitudes que eles achassem consequentes com esse diálogo. Eles é que decidiram suspender aquelas histórias que eles estavam falando. Não tem toma lá da cá, não", afirmou.
Os deputados também ameaçaram obstruir a pauta da Câmara e abrir uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar a contratação pelo MEC da ONG que elaborou a cartilha.
“Ele [Gilberto Carvalho] disse que tem a palavra da presidente da República de que nada do que está no material é de consentimento dela. E nós suspendemos a obstrução e todas as nossas medidas”, afirmou Garotinho.
Conteúdo 'virulento'
Para o líder do PR na Câmara, deputado Lincoln Portela (MG) o conteúdo do material didático é “virulento”.

“A preocupação das pessoas que estão envolvidas nesse cenário é a didática do material colocado. Achamos que a didática é muito agressiva. Temos que tomar cuidado para que a dosagem do remédio não seja mais forte do que aquilo que o paciente quer e necessita”, afirmou.
O kit que estava sendo analisado pelo MEC faz parte do programa Escola Sem Homofobia, do Governo Federal, e contém material didático-pedagógico direcionado aos professores. O objetivo era dar subsídios para que eles abordem temas relacionados à homossexualidade com alunos do ensino médio.


FONTE : G1

Estabelecimentos aderem ao Dia sem Imposto e baixam preços


LAÍS CAMARGO/ROSANA SIQUEIRA 


 

foto
Foto: Bruno Henrique
Na rede Econômica supermercado informa que produto está sem o imposto
Mesmo sem grande divulgação, alguns estabelecimentos da Capital estão aderindo hoje ao Dia sem Imposto e baixando o preço de produtos Um exemplo foi a Rede Econômica de Supermercados que reduziu os valores de 12 produtos em sua loja da Rua Joaquim Murtinho, esquina com a Fernando Correa da Costa.
A rede de sanduíches Subway que tem 3 lojas em Campo Grande também aderiu ao movimento, mas não informava por meio de cartazes sua promoção. Nas lojas alguns lanches em pão integral estão com preços até quase 40% mais baratos. Um exemplo é um sanduíche que normalmente sairia pelo preço de R$ 7,95, mas hoje sai por R$ 4,95, sem os impostos.
A ação faz parte do Dia sem Imposto que está sendo organizada pelo Conselho de Jovens Empresários (CJE-MS) da Associação Comercial e Industrial de Campo Grande (ACIG). A meta é protestar contra a carga tributária hoje (25), Dia Nacional de Respeito ao Contribuinte, considerada a data a partir da qual o brasileiro “teoricamente” deixa de trabalhar para pagar impostos e começa a trabalhar para si próprio.
A ação se dá por meio da venda de produtos com desconto equivalente a carga tributária estimada pelo Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário (IBPT) em produtos escolhidos pelos estabelecimentos participantes da campanha, em sua maioria restaurantes e supermercados. As empresas participantes fixarão cartaz informativo, distribuirão panfletos e coletarão assinaturas em favor de um projeto de Lei que determina separar o valor dos produtos do valor dos tributos nas notas e cupons fiscais.
O evento está sendo realizado pela CONAJE (Confederação Nacional de Associações de Jovens Empresários) em 13 grandes cidades brasileiras. Para Alex Machado, membro do CJE e coordenador local do evento: “Não adianta só protestar. Temos que apresentar soluções. Por isso, apoiamos o projeto de lei que fará com que todos saibam quanto estão pagando de imposto em cada produto. Hoje esse valor acaba camuflado no total e a população paga sem se dar conta de quanto pesa.”
Além da venda de produtos sem tributos e do abaixo-assinado, estão previstas uma palestra com vagas limitadas na ACICG sobre os Direitos do Contribuinte e ações paralelas da CDL Jovem e de outras entidades.
Lei federal
O Dia Nacional de Respeito ao Contribuinte e da Liberdade de Impostos foi formalmente instituído pela lei federal número 12.325, de 15 de setembro de 2010. O projeto é promovido pela Conaje e Abrasel Nacional, realizado pelo CJE-MS, com apoio institucional do Instituto Millenium. Há ainda os parceiros Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário (IBPT) e Movimento Brasil Eficiente (MBE).
Segundo o texto da lei ordinária, desde a sua aprovação, o dia 25 de maio passa a ser o Dia Nacional do Respeito ao Contribuinte. Uma data de conscientização cívica a ser celebrada anualmente, com a finalidade de mobilizar a sociedade e os poderes públicos para a conscientização e a reflexão sobre a importância do respeito ao contribuinte.

terça-feira, 24 de maio de 2011

Veja as previsões de fim do mundo que já fracassaram





Harold Camping é o único “profeta” que falhou duas vezes
Veja as previsões de fim do mundo que já fracassaram
Harold Camping falhou mais uma vez ao prever o dia do fim do mundo, mas ele não foi o único a profetizar uma data para este acontecimento. Nos últimos séculos outros “estudiosos” previram o fim e também falharam.
A revista americana “Times” noticiou que uma das profecias mais conhecidas sobre o apocalipse que também fracassou foi a de William Miller. Em 1840, ele começou a dizer que o mundo ia acabar e Cristo voltaria, prevendo um grande incêndio entre 21 de março de 1843 e 21 de março de 1844. Mesmo mudando a data para outubro, o fim nunca chegou. Os seguidores de Miller formaram a Igreja Adventista do Sétimo Dia.
Anos mais tarde outro profeta se levantou dando uma nova data para a destruição da Terra, Joseph Smith, fundador da religião mórmon, nos Estados Unidos, afirmou a líderes da igreja em 1835 que Deus havia dito a ele que Jesus retornaria em 56 anos, o que não ocorreu.
Em 1910 a passagem do Cometa Halley também deixou o mundo em pânico, mas dessa vez a ideia do fim não veio de um religioso e sim de cientistas que diziam que a cauda do cometa tinha um gás mortal e que ele passaria muito próximo da Terra. Os ânimos só se acalmaram quando outros estudiosos se levantaram pra dizer que a passagem do Halley não afetaria em nada a vida terrestre.
Contrariando o que diz em Mateus 24:36 que afirma que ninguém, nem o Filho, sabe quando o fim chegará, o fundador da Coalizão Cristã, Pat Robertson, se levantou em 1980 para anunciar o fim. Suas palavras asseguravam que o dia do julgamento seria em 1982. Mais uma previsão falsa.
Dez anos depois surge Harold Camping com a sua primeira previsão, seus estudos iniciais apontavam que o arrebatamento aconteceria em 6 de setembro de 1994 de acordo com os mesmos cálculos que o fez sugerir uma nova data, 21 de maio de 2011, sendo assim o único “profeta do apocalipse” que falhou duas vezes.
Outra importante profecia que datava o fim da humanidade foi a de Nostradamos, seus escritos de mais de 400 anos, afirmavam que “no ano 1999, sétimo mês / Do céu virá o grande rei do terror”.
Muitos ficaram preocupados com a virada do milênio, ainda mais quando foi noticiado que muitos computadores não conseguiriam ver a diferença entre o ano 2000 e o ano de 1900. Assustados com as possibilidades do que poderia acontecer por conta do bug do milênio, muitas pessoas se suicidaram na virada do ano 1999/2000.
No século XXI já surgiram muitas outras previsões que fracassaram, mas a mais falada é a que prevê o fim da humanidade para dezembro de 2012, baseada no calendário Maia. Recentemente um antropólogo apresentou a pedra com a escrita Maia e desmentiu a história que deu origem ao filme “2012”.
Fonte: Gospel Prime

Samuel Ferreira é destaque na revista Isto É; “Um pastor moderno entre os radicais”


 

Um dos líderes da AD, a maior e uma das mais conservadoras igrejas evangélicas do Brasil, Samuel Ferreira rompe tradições, libera costumes e atrai fiéis para o seu templo
Samuel Ferreira é destaque na revista Isto É; “Um pastor moderno entre os radicais”
O evangélico desavisado que entrar no número 560 da ave­nida Celso Garcia, no bairro paulistano do Brás, poderá achar que não está entrando em um culto da Assembleia de Deus. Maior denominação pentecostal do País – estima-se que tenha 15 milhões de adeptos, cerca de metade dos protestantes brasileiros –, historicamente ela foi caracterizada pela postura austera, pelo comedimento na conduta e, principalmente, pelas vestimentas discretas de seus membros. Por conta dessa última particularidade, tornou-se folclórica por forçar seus fiéis a celebrarem sempre, no caso dos homens, de terno e gravata e, entre elas, de saia comprida, camisa fechada até o punho e cabelos longos que deveriam passar longe de tesouras e tinturas. Era a igreja do “não pode”. Não podia, só para citar algumas interdições extratemplo, ver tevê, praticar esporte e cultuar ritmos musicais brasileiros. A justificativa era ao mesmo tempo simples e definitiva: eram coisas do capeta.
No templo do Brás, porém, às 19h30 do domingo 15, um grupo de cerca de vinte fiéis fazia coreografias, ao lado do púlpito, ao som de uma batida funkeada. Seus componentes – mulheres maquiadas e com cabelos curtos tingidos, calça jeans justa e joias combinando com o salto alto; homens usando camiseta e exibindo corte de cabelo black power – outrora sofreriam sanções, como uma expulsão, por conta de tais “ousadias”. Mas ali eram ovacionados por uma plateia formada por gente vestida de forma parecida, bem informal. Palmas, também proibidas nas celebrações tradicionais, eram requisitadas pelo pastor Samuel de Castro Ferreira, líder do templo e um dos responsáveis por essa mudança de mentalidade na estrutura da Assembleia de Deus, denominação nascida em Belém, no Pará, que irá festejar seu centenário no mês que vem. “Muitos chamam de revolução, mas o que eu faço é uma pregação de um evangelho puro, sem acessórios pesados”, afirma ele, 43 anos, casado há vinte com a pastora Keila, 39, e pai de Manoel, 18, e Marinna, 14. “A maior igreja evangélica do País está vivendo um redescobrimento.”
Sentado em uma cadeira logo ao lado do coral, Ferreira, que assistiu à televisão pela primeira vez na casa do vizinho, aos 7 anos, escondido do pai, Manoel Ferreira, pastor assembleiano, desliza o dedo indicador em um iPad segunda geração enquanto o culto se desenrola. Acessa a sua recém criada página no Twitter por meio da qual, em apenas um mês, amealhou mais de 110 mil seguidores. Quando se levanta para pregar a palavra, deixa visível o corte alinhado de seu terno e a gravata que combina com o conjunto social. Não que o pastor se furte em pregar de jeans, tênis e camisa esporte – tem predileção por peças da Hugo Boss –, como faz em encontros de jovens. “Samuel representa a Assembleia de Deus moderna, com cara de (Igreja) Renascer (em Cristo)”, opina o doutorando em ciências da religião Gedeon Alencar, autor de “Assembleias de Deus – Origem, Implantação e Militância” (1911-1946), editora Arte Editorial. “Os mais antigos, porém, acham o estilo dele abominável.”
Natural de Garça, interior de São Paulo, formado em direito e com uma faculdade de psicologia incompleta, Ferreira é vice-presidente da Convenção de Madureira, que é comandada por seu pai há 25 anos e da qual fazem parte 25 mil templos no Brasil, entre eles o do Brás. Os assembleianos não são uma comunidade unificada em torno de um líder. Há, ainda, os que seguem a Convenção Geral, considerada o conglomerado mais poderoso, e o grupo formado por igrejas autônomas. Ferreira assumiu o templo da região central da capital paulista há cinco anos e passou a romper com as tradições. Ao mesmo tempo, encarou uma cirurgia de redução de estômago para perder parte dos 144 quilos. “Usar calça comprida é um pecado absurdo que recaía sobre as irmãs. Não agride a Deus, então liberei”, diz o pastor, 81 quilos, que até hoje não sabe nadar e andar de bicicleta porque, em nome da crença religiosa, foi proibido de praticar na infância e na adolescência.
Sua Assembleia do “pode” tem agradado aos fiéis. “Meu pai não permitia que eu pintasse as unhas, raspasse os pelos ou cortasse o cabelo”, conta a dona de casa Jussara da Silva, 49 anos. “Furei as orelhas só depois dos 40 anos. Faz pouco tempo, também, que faço luzes”, afirma Raquel Monteiro Pedro, 47 anos, gerente administrativa. Devidamente maquiadas, as duas desfilavam seus cabelos curtos e tingidos adornados por joias pelo salão do Brás, cuja arquitetura, mais parecida com a de um anfiteatro, também se distingue das igrejas mais conservadoras.
A relativização dos costumes da Assembleia de Deus se dá em uma época em que não é mais possível dizer aos fiéis que Deus não quer que eles tenham vaidade. A denominação trabalha para atender a novas demandas da burguesia assembleiana, que, se não faz parte da classe média, está muito perto dela, é urbana e frequenta universidades. É esse filão que está sendo disputado. Uma outra igreja paulista já promoveu show no Playcenter. No Rio de Janeiro, uma Assembleia de Deus organiza o que chama de Festa Jesuína, em alusão à Festa Junina. Segundo o estudioso Alencar, as antigas proibições davam sentido ao substrato de pobreza do qual faziam parte a grande maioria dos membros da Assembleia de Deus. “Era confortável para o fiel que não tinha condição de comprar uma televisão dizer que ela é coisa do diabo. Assim, ele vai satanizando o que não tem acesso.”
Importante figura no mundo assembleiano, o pastor José Wellington Bezerra da Costa, 76 anos, presidente da Convenção Geral, não é adepto da corrente liberal. “Samuel é um menino bom, inteligente, mas é liberal na questão dos costumes e descambou a abrir a porta do comportamento”, afirma. Ferreira, por outro lado, se diz conservador, principalmente na questão dos dogmas. Em suas celebrações, há o momento do dízimo, do louvor, da adoração e um coral clássico. Ao mesmo tempo, é o torcedor do Corinthians que tuita pelo celular até de madrugada – dia desses, postou que saboreava um sorvete às 4h30 –, viaja de avião particular e não abre mão de roupas de grife. Um legítimo pastor do século XXI.
Fonte: Isto É

Promessa: Rede Globo produzirá festival de música gospel




O ministério Diante do Trono será um dos participantes do festival da Globo
Promessa: Rede Globo produzirá festival de música gospel
Com a clara estratégia de fazer frente à Rede Record e conquistar a uma fatia do tão cobiçado público evangélico, a Rede Globo resolveu investir em um festival gospel que acontecerá no final do ano no Rio de Janeiro. Amauri Soares, diretor de eventos e projetos especiais da emissora é o idealizador do evento que se chamará ‘Promessa’.
Nele se apresentarão os campeões de vendagem da gravadora da Globo como Ana Paula Valadão e Diante do Trono. O grupo é um dos carros chefes em vendas da gravadora, superando artistas seculares de renome.
Os outros artistas a se apresentarem ainda não foram divulgados mas pode-se adiantar que este é um projeto revolucionário, como nunca se viu antes na televisão brasileira. As informações são de Lauro Jardim, colunista da revista Veja, no Radar Online.
Fonte: Gospel Prime

Matá-lo não era necessário, diz filho de Martin Luther King sobre Osama Bin Laden




O advogado ativista incentiva os jovens a promoverem a paz pelos meios de comunicação e redes sociais
Matá-lo não era necessário, diz filho de Martin Luther King sobre Osama Bin Laden
Martin Luther King Jr. falou pela primeira vez sobre a morte do terrorista Osama Bin Laden, a declaração foi feita durante uma coletiva de imprensa que aconteceu no domingo, 22, após uma palestra na Convocação Ecumênica Internacional da Paz (CEIP), reunida em Kingston, Jamaica.
Para o filho de Luther King não era necessário ter matado o líder da Al Qaeda. “Os EUA tinham que reagir de alguma forma às ações horríveis de Bin Laden, mas matá-lo não era necessariamente a melhor alternativa.”
Ele acredita que as igrejas precisam fazer um trabalho melhor de promoção da paz e da não-violência. Para isso King Junior propõe que a paz comece dentro da casa de cada um, lembrando o exemplo que teve de seus pais. “Estou muito grato que minha mãe e meu pai incutiram em nós certos princípios e valores relacionados ao amor”, confessou.
Nas palavras do advogado ativista a paz não é um ideal inatingível, mas um caminho viável para pessoas e países resolverem seus conflitos. “Eu acredito que um dia o nosso povo, os seres humanos, vão olhar para trás e dizer que, em algum momento da história tivemos um comportamento arcaico, mas que a violência é coisa do passado. Nós sempre temos que mergulhar na verdade. Sabemos o que é certo e o que é errado.”
Encerrando seu discurso ele incentiva os jovens a promoverem a paz, tornando-a o foco nos meios de comunicação e nas redes sociais. “Temos de fazer deste mundo um lugar melhor. Temos que colocar no Twitter o que as pessoas estão fazendo. São os jovens que vão liderar essa luta. É sua vocação. Cada geração tem um chamado. Talvez o chamado desta geração seja um mundo pacífico.”
Com informações ALC

Adulteração de combustíveis terá pena mais dura.

Adulteração de combustíveis terá pena mais dura.
Projeto do deputado Dr. Aluizio, do PV do RJ agrava a punição para os postos de gasolina que adulterarem os combustíveis.
O autor da proposta argumenta que a camada mais pobre da população não tem como se defender e arcar com os danos causados aos automóveis por causa desta prática.
Pela lei atual, o autor do crime deve cumprir pena de um a cinco anos de detenção pela prática de compra, venda ou revenda de derivados de petróleo e gás em desacordo com as normas legais.
A proposta prevê que se a adulteração ocorrer nos postos, a punição aumenta para dois a seis anos de reclusão, além de multa.
O projeto tramita em conjunto com outro que já foi aprovado em todas as comissão e aguarda aanálise do plenário da Câmara dos Deputados.